FANDOM


Logo-ctos-branco

ACESSO CTOS NEGADO:

Está página está protegida devido a constante tráfego ou vandalismo recente.

Logo do ctOS branco

O Sistema Operacional Central abreviado como CTOS, pois em inglês é The Central Operating System, é um software de computador que controla toda a rede de informações de uma cidade, incluindo todos os dados pessoais. O CTOS dessa cidade não apenas armazena e registra cada momento da vida digital do cidadão, ee é controlado por empresas privadas que usam o software para seus próprios ganhos, e pode usar as informações obtidas contra as pessoas para vender produtos e influenciar visões de mundo.

Em 2016, o CTOS 2.0 substituiu este sistema, sendo implementado primeiramente em São Francisco.

Sobre

CtOS Map

Mapa de introdução ao CTOS.

O CTOS é a fraqueza fundamental da cidade, já que pode ser hackeada através do uso de uma cadeia de vírus backdoor e usada como arma contra a cidade e seus habitantes, e também através de um mau funcionamento do sistema de reconhecimento facial, como afirmado por Aiden Pearce. O CTOS também armazena informações sobre cada habitante da cidade em centros de controle e reúne novas informações com a ajuda de vigilância. Vários centros de controle (servidores de dados) estão espalhados por Chicago, que podem ser controlados, juntamente com as torres CTOS, permitindo que Aiden Pearce acesse as informações que armazena e os mecanismos que controla. Vários locais de comunicação são colocados entre os centros, permitindo a rápida transferência de dados por grandes distâncias. Embora o CTOS tenha reduzido e ainda esteja reduzindo os níveis gerais de criminalidade em Chicago, isso não significa que a cidade esteja tão protegida quanto Blume diz. O CTOS está ligado a um satélite, que funciona como uma válvula de segurança que pode desligar todo o sistema, se necessário.

Controvérsia

Uma pergunta que é frequentemente feita sobre o CTOS é: Quem controla o sistema que controla Chicago? Um ponto negativo que foi observado sobre o CTOS é que grandes empresas poderiam usar os dados armazenados pelo CTOS para maximizar os lucros. Também foi notado que o controle do sistema pode cair em mãos erradas, como as dos hackers Damien Brenks, T-Bone, Aiden Pearce e Defalt.

Sistemas controlados pelo CTOS

Galeria