FANDOM


Campeão
Este artigo é um artigo de ouro!
Os artigos e ouro são aquelas páginas que são eleitas por terem um grande conteúdo escrito, de imagem e vídeo, além de seguir o Manual de Estilo da Wiki!
Campeão
DedSec
DedSec logo
Facção
Nome DedSec
Tipo de Facção Grupo hacker ativista
Líder Desconhecido
Membros Importantes Badboy17
Marcus Holloway
Sitara Dhawan
Josh
Wrench
Horatio Carlin
G1gg1L3s
Base Chicago (Grupo principal)
Afiliações Os Daves (Grupo maior)
Aiden Pearce
T-Bone
Jogo (s) Watch Dogs
Watch Dogs: Bad Blood
Watch Dogs 2

DedSec é um grupo secreto de hackers apresentado nos jogos da série Watch Dogs. Dentre eles há o filho de Connor Malley, a tatuadora Clara Lille e membros de outras cidades, como Marcus Holloway, que trabalha em São Francisco.

Descrição

DedSec é o grupo de hackers mais famoso que aparece em Watch Dogs e Watch Dogs 2. Eles são associados à Aiden Pearce e T-Bone Grady, embora eles tenham relações só com alguns de seus membros. O próprio grupo se opõe à implementação e utilização do CTOS e tem o objetivo de provar que o sistema é falho e desnecessário. Os membros do grupo invadem vários sistemas CTOS para fins destrutivos, a fim de destacar suas fraquezas e vulnerabilidades dele.

Alguns registros de áudios deixados por um de seus membros, G1gg1L3s, revelam que os líderes do DedSec são referidos como o "Conselhos de Daves", ou apenas "Os Daves", porque todos eles se chamam Dave em seus nomes de usuário em comunicações On-line. Os Daves não são exatamente líderes, já que os DedSec não acreditam nisso, mas eles seriam aqueles que "mandam" e dão ordens no grupo, permitindo quem entra ou não no grupo.

Uma maneira pela qual DedSec expressaram a sua opinião e fez sua presença conhecida do público foi através da sua tomada do site oficial do CTOS "(http://www.chicago-ctos.com/)". O site foi apreendido e posteriormente transformado em um anúncio publicitário. A página foi transformada inteiramente em preta e coberta com um logotipo DedSec.

História

Antes de 2013

O DedSec já estava começando a surgir desde que o CTOS apareceu.

Início de 2013

O DedSec de Chicago conseguiu acesso a rede CTOS quando ela se espalhou nos Estados Unidos. Ele passaram o acesso a outros grupos de outras cidades e começaram a usar o controle do sistema para fazerem protestos e, às vezes, usaram para agir como mercenários, mas sem fazer nada que fujam de seus ideais.

Durante as investigações "Conselho de Daves" em Bad Blood, revela-se que um dos líderes da DedSec tinha se cansado dos outros Daves querendo mais "acariciar seus próprios egos através das mídias sociais do que trazer mudanças reais" e desejava militarizar ainda mais a DedSec. Este Dave atraiu Dave04 e DaveZB para o Teatro Ambrose, o antigo refúgio de Defalt, e os matou, então codificou um vídeo da reunião de Defalt com os Daves em um Código QR na Barragem de Pawnee, como uma mensagem aos outros Daves, para não deixar Defalt entrar. Ele então organizou uma reunião com Daveftp, Dave Capisano e Dave_of_Spades em um canteiro de obras em Pawnee, então enviou Fixers para emboscá-los. No entanto Raymond Kenney soube de sua traição no tempo e chegou para proteger os Daves das ondas de Fixers enviados para matá-los. Os Daves prometeram sua gratidão a Kenney, que declarou que agora lhe devia um favor. Não se sabe o que aconteceu com o Dave que os traiu.

2013

Em Watch Dogs, Aiden Pearce contrata como mercenário um de seus membros, todos eles tinham sua identidade preservada usando um codinome, o mercenário que ele contratou se chamava Badboy17. Badboy parecia muito útil, ajudava Aiden com as coisa mais difíceis e sempre o tirava de problemas, não pessoalmente, mas com Hacks que o ajudavam. Mais tarde, Badboy17 revela ser Clara Lille e que ela parou um pouco com os DedSec, pois ela havia roubado hacks do grupo para entregar a Aiden, dentre eles os Jam Coms e atê controles do Trem L.

Aiden precisava desses hacks para concluir suas metas, e Clara não podia pegá-los pois não tinha acesso.

Os DedSec também aparecem para fazer um teste: eles queriam que Aiden provasse seu valor e os ajudasse a testar G1gg1L3s. G1gg1L3s era um membro promissor do grupo e os DedSec queriam ver o quão longe ele poderia ir. Aiden instala um vírus em seu computador para ver como G1gg1L3s reagiria, e o DedSec se decepciona, e G1gg1L3s não consegue aumentar seu cargo no grupo, mas Aiden consegue o respeito que queria com os DedSec, e prova seu valor.

2016

Em São Francisco, os DedSec trabalham em conjunto, ao seja, um grupo com divisões distintas, como por exemplo temos o grupo de Horatio: Marcus Holloway, Sitara Dhawan, Josh e Wrench, além de mais tarde a entrada de T-Bone como afiliado. Porém, neste grupo não ouve apenas ganhos, durante um tiroteio, Horatio acaba falecendo.

Quando o CTOS 2.0 saiu, todos os DedSec perderam o acesso a rede, porém, o DedSec em São Francisco conseguiu um pequeno acesso que foi melhorando aos poucos depois que Marcus entrou para o grupo. Sua ajuda foi essencial para a pesquisa no novo sistema CTOS.

Membros principais

Curiosidades

  • Parte do Marketing do jogo foi com a pergunta: "Quis custodiet ipsos custodes?" (Quem vigia o homem que vigia?), oque foi uma pergunta do DedSec para o CTOS.
  • Os DedSec vêem Raymond Kenney como um herói e o The Bunker como um lenda, como é possível ver Clara sendo muito respeitosa e admirada por T-Bone e O Bunker.
  • Defalt queria entrar como um membro dos DedSec, mas ele era muito extravagante e já não era mais anônimo, fazendo ele ficar fora do grupo e se enfurecendo com o grupo.
  • Os DedSec são inspirados no grupo Hacker Anonymous e LulzSec.

Galeria